[Resenha] Bela Redenção – Jamie McGuire. 

Oiiiiiiiiiiii, tudo bem com vocês? 

Nome: Bela Redenção 

Autor: Jamie McGuire 

Ano: 2015

Páginas: 308

Gênero: New Adult, Romance 

Editora: Verus

Contém spoilers!!! Então, se você não leu o livro anterior, recomendo que não leia essa resenha.

  • Sinopse:

A aguardada continuação de Bela Distração Liis Lindy é uma agente do FBI decidida a se casar apenas com o trabalho. Ela adora sua mesa, está em um relacionamento sério com seu laptop e sonha em ser cumprimentada pelo diretor depois de solucionar um caso difícil. O agente especial Thomas Maddox é arrogante e implacável, um dos melhores que o FBI tem a oferecer — e chefe de Liis. Quando Liis e Thomas são encarregados de uma missão em que precisam fingir ser um casal, a atração entre eles chega ao limite — e os leva a questionar quanto realmente estavam fingindo. Bela redenção é o segundo volume da série que narra a excitante, romântica e por vezes volátil jornada dos Maddox rumo ao amor. Chegou a hora de conhecer o mundo misterioso do esquivo Thomas e descobrir como a paixão pode ser intensa quando você não é a primeira, e sim a última. Além, é claro, de rever os outros irmãos da família Maddox. 

Gente, eu como fã dos livros, sou sujeita a falar isso, mas é com toda sinceridade que eu falo pra vocês que O LIVRO É MARAVILHOSO, sério. Eu já imaginava que seria assim, pois, pelo pouco que conheci do personagem nos outros livros ele já mostrava isso.

Pra quem leu o Bela Distração sabe que o TJ (namorado secreto da Cami) é o Thomas. Eu confesso que ele sendo revelado na última página do livro, eu só peguei a referência na segunda vez que li (risos), eu não sei o que aconteceu comigo, talvez um pouco de demência, mas sim, eu viajei completamente. 

O Thomas é um agente do FBI totalmente focado na carreira dele e vive só pra o trabalho e a Liis é do mesmo jeito. Ele é todo fechadão, aquele chefe que todos tem medo dele no escritório e a Liis é aquela que não leva desaforo pra casa, mesmo dele. Mas, entre esses altos e baixos, os dois acabam sentindo coisas um pelo outro. Ela não consegue disfarçar o que sente e nem ele o ciúme, mas mesmo assim, eles começam uma amizade. 

É claro que essa coisa de “viver só pra o trabalho” vai por água abaixo muito mais rápido do que eles imaginam. A Liis sempre foi uma mulher independente, mas passou a ser insegura e ciumenta, mas, venhamos e convenhamos que o Thomas teve um certo tipo de culpa nisso, não deixando claro que os seus sentimentos pela Cami tinham chegado ao fim. 

Eu já tinha me apaixonado pelo Thomas nos livros anteriores, e mesmo concordando que o Trent e a Cami foram feitos um para o outro, foi triste vê-lo sofrendo pelo tanto que ele ainda era apaixonado pela Cami.

Gosto muito da interação do Thomas e da Liis, mas achei um pouco desnecessário essa coisa da Jamie de “ressuscitar” o passado, senti dó da Liis em algumas partes do livro.

Resumindo, mesmo com algumas partes de sofrência rs, eu indico MUITO esse livro. É uma leitura interessante, envolvente e chamativa. Se ainda não leu, tá perdendo tempo, chega de spoiler e vem se apaixonar pelos Maddox. 


O que é que ele tem que me faz perder a capacidade de raciocinar?
Eu não fui a primeira, mas eu seria a última. Isso não me torna o segundo prêmio. Mas me faz ser dele para sempre.

O amor não tem a ver com previsões nem marcadores comportamentais. Simplesmente acontece, e a gente não tem controle.


Por hoje é isso, espero que tenham gostado e até a próxima…


Beijo da Káh, x

Anúncios

Um comentário sobre “[Resenha] Bela Redenção – Jamie McGuire. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s